Resenha #36 - Não Se Apega, Não de Isabela Freitas.

13:18

Autora: Isabela Freitas
Ano: 2014 
Páginas: 256
Editora: Intrínseca
SINOPSE: Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos. Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos. Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.


  Pense em uma pessoa atrapalhada, que acredita no príncipe encantado e que procura em cada homem esse cavaleiro de cavalo branco, sim é assim que vejo Isabela Freitas em seu primeiro livro, após muito procurar e errar bastante a garota acabou por criar um livro sobre a sua vida de piriguete, que sim, ela foi isso durante TODO o primeiro livro. Vou explicar melhor.
  Em Não Se Apega, Não, Isabela Freitas nos conta um pouco de sua vida, desde o momento em que começa e termina relacionamentos até a criação do blog para desabafar e o lançamento do livro. 

  Entre um relacionamento e outro a loira procura um príncipe encantado para viver o felizes para
sempre, mas que surpresa desagradável seria ela encontrar sapos pelo caminho? Confesso que no começo não gostei do livro, é fato afirmar que a Isa é uma piriguete que troca e troca de namorado, sempre achando só os caras errados.   Para contar um pouco dos seus dramas de novela mexicana ela cria um blog, sim pessoal, ela começou como blogueira e olha onde chegou.

  Continuando, no blog ela conta como é desastroso se apaixonar por qualquer um que apareça e e dá dicas de como se proteger, sendo que nem ela mesma consegue fazer isso. É um auto-ajuda às avessas, afinal ela não segue nada do que fala, menina maluquinha.

  As Regras do Desapego são essenciais para a risada e de certo modo pensarmos se esta certo isso ou não, afinal tudo que ela viveu nesse primeiro livro tem um ou outro caso que nós mesmos passamos, amores errados, amizades falsas e acima de tudo ela correu pelos seus objetivos, mesmo que na brincadeira de escrever Isabela acabou publicando um livro, foi além do que todos falaram que não iria dar certos.
 Para finalizar, gostaria de ressaltar que o livro é mais pra dar risada, só que por trás de tudo isso tem algumas lições que podemos tomar. Não lembro exatamente se foi neste ou no próximo, que tinha uma citação do antigo chefe dela, ele disse que ela nunca seria capaz de publicar uma coisa dessas, que não servia pra ser escritora, uma pessoa que não tem qualificação. Sim ele disse isso neste livro agora me lembro.

No segundo ela deu uma resposta digna para aqueles não acreditavam em sua capacidade. Ela disse que acima de tudo ela acreditou e chegou lá. Então porque nós simplesmente iguais a ela não podemos conquistar e realizar nossos sonhos?
  Fica a dica, não digo para levar a sério tudo que ela diz assim ou pra acompanhar as regras do desapego, o povo do tumblr adora elas, só tem fotos e quotes sobre isso, mas digo para repensarem seus conceitos assim como eu o fiz com o livro, vendo que não é porque não gostamos da primeira vez que tentamos que na segunda será o mesmo. Não foi uma perda de tempo, afinal foi uma leitura gostosa e que me relaxou e fez rir em tempos que não conseguia mais ler nada pesado como é do meu costume.
 Algumas Quotes do Tumblr:






Ps.: Resenha publicada também no blog Livroterapias, onde sou resenhista.
Xoxo   

You Might Also Like

0 Comentários

Blogs Brasil

Editoras

Flickr Images

FOLLOW @KAMMYKRYSTHIN

FOLLOW @SECRETMAGICBLOG