[ Resenha ] A História da Mitologia para Quem tem Pressa

16:33


   De uma coisa tenho certeza é que a Editora Valentina tem uma criatividade pra nomes e capas de livros que me espanta, esse livro não é diferente no caso do titulo, tão longo e engraçado, vocês já chegaram de ver a capa de Malícias e Delicias? Pois é, e com essa edição sobre mitologia vou apresentar um conteúdo que antes não tinha nem ouvido falar. Vamos conhecer mais sobre isso?

A História da Mitologia Para Quem Tem PressaLivro: A História da Mitologia Para Quem Tem Pressa
Do Olho De Hórus Ao Minotauro Em Apenas 200 Páginas! 
Autor: Mark Daniels
Ano: 2015
Páginas: 200
Editora: Valentina
SINOPSE: "Profundamente pesquisado, conciso e didático, A HISTÓRIA DA MITOLOGIA PARA QUEM TEM PRESSA é uma jornada iluminadora pelo mundo fascinante da mitologia. De vastas civilizações a sociedades locais no mundo inteiro, todas criaram um rico catálogo dedivindades, heróis, monstros e mitos. Essas personagens e estruturas contam a história de nossas origens, triunfos e desastres, agindo como ferramentas criativas para comunicar as lições de vida mais importantes. A escala e a dramaticidade desses relatos épicos, aos quais não faltam elencos de criaturas fantásticas e grandes famílias separadas pelo amor e a guerra, dão de dez em qualquer novela moderna. Nesta introdução magistral à mitologia, Mark Daniels explora as antigas histórias dos aborígenes australianos, sumérios, egípcios, chineses, índios norte-americanos, maias, incas, astecas, gregos, romanos e nórdicos, entre outros. Desemaranhando a complexa teia de deuses e deusas, divindades menores e monstros, Daniels revela as criaturas e as narrativas do passado que tanta influência exerceram sobre as culturas do presente. Descubra por que Odin, o Pai dos Deuses na mitologia nórdica, estava tão interessado em perder o olho, a importância do mito de Osíris no Antigo Egito, mitos gregos, astecas, chineses, nórdicos, egípcios, romanos, e muito mais. Tudo que você precisa saber sobre mitologia, explicado e introduzido de forma clara, resumida e ilustrada. "


"De vastas civilizações à sociedades locais no mundo inteiro, todas criaram um rico catálogo de divindades, monstros e mitos que narram a história de nossas origens, triunfos e desastres, agindo como ferramentas criativas para comunicar as mais importantes lições de vida."

  Como fanática por mitologia e há algum tempo sem ler decidi comprar essa edição rápida da Editora Valentina, apesar de ter poucos fatos, fiz descobertas sobre outras histórias que até então eram desconhecidas por mim.
  Com uma abordagem rápida e meio confusa, confesso, o livro apresenta as seguintes mitologias: Australiana e Maori, Suméria, Chinesa, Indígena, Grega, Sul-Americana e Centro-Americana, Romana e Nórdica.
   A Australiana e Maori se refere a Sol e Lua, a criação do mundo a partir deles, sua separação, os deuses e claro todo o contexto de  espíritos, a Serpente Arco-Íris, é tudo muito interessante, eis aqui um trecho do contexto da Mitologia Maori.
"Tane-mahuta usou sua enorme força para puxar a Terra para longe do Céu, trazendo a luz a primeira aurora para o mundo."
   Minha maior curiosidade é em relação a cultura e miticismo egípcio que envolve diversos aspectos que se assemelham a mitologia grega, quem não sabe que Zeus estava destinado a matar o próprio pai Cronos, nesta Osíris estava destinado a destronar Atum e se tornar o soberano da civilização egípcia, podemos compreender sobre o costume do embalsamento, o que tem em baixo das pirâmides e a diisão do Alto e Baixo Egito.
    Vamos falar de dragões! Isso a Mitologia Chinesa é recheada deles e claro de animais, você sabe qual o seu animal no Zodíaco Chinês? O meu é o cachorro, confiável e honesta (até de mais) e não sentem vergonha de contar uma mentira as vezes (quase sempre) além das oscilações de humor (o que tenho até de mais). Não é que me representou direitinho. 😄
   A Indígena e a Norte-Americana conta sobre seus rituais e espíritos, conta sobre a real história de Pocahontas o que não é nada comparado ao enredo da Disney. 
    Em Sul-Americana e Centro-Americana temos os nossos Maias com suas previsões de fim do mundo em 21 de dezembro de 2012 (sobrevivi ao fim do mundo 😜). Os Astecas e seus sacrifícios humanos que até agora depois de ler me deixa arrepiada, eles acreditavam mesmo que eles estavam em dívida com os deuses e precisavam oferecer seu sangue m sinal de subserviência. Muitas vezes, os rituais consistiam em retirar corações ainda palpitantes e oferecê-los aos deuses.(pág. 96) Isso sem falar dos Incas e Machu Picchu que ainda vou ver, além dos Andes que tenho uma paixão absurda.
   A parte grega passou tão rápido que senti falta de mais conteúdo, apesar de mostrar mais sobre os 12 trabalhos de Héracles (Hércules) que poucos livros mostram, já a romana complementa algo que não sabia, bem, não completamente, os signos são de origem romana e as constelações de estrelas também, foi ótimo ver cada forma e imagem delas, além de ler e lembrar do clássico Cavalo de Tróia, Odisseia e Iliada meus favoritos.
  Da Nórtica não entendi quase nada, essa parte foi bastante resumida e senti falta da apresentação do Loki, onde já se viu esquecer dele? Mas soube um pouco mais sobre Ragnarök que quem vai ver Thor nos cinemas compreende melhor essa história de fim do mundo, um apocalipse que derrubará deuses.
  Confesso que esperava mais do livro, apesar de saber que ele é um resumo foi meio que decepcionante não abordar outros contos e lendas que conheço, afinal me aprofundei perdidamente na mitologia grega e egípcia, mas cá entre nós tem um conteúdo que pra quem não conhece vai explicar direitinho.

   Sobre a edição da Editora Valentina, apesar de ser brochura e uma versão menor do que os livros comuns, o exemplar é realmente lindo, dá até pena de usar, sua capa é de um tom branco amarelado, como se fosse papel velho, além de apresentar tons de dourado e preto que são um charme a parte, as ilustrações dão o toque final, de tirar o folego.
   Espero que tenham gostado, vamos estudar mais sobre mitologia? Aposto que lendo o livro ficariam curiosos para se aprofundar ainda mais sobre eles, já comentei antes no blog sobre a minha tatuagem de Ankh que vem diretamente da mitologia egípicia, afinal ela é o símbolo da vida. Procure o post sobre as tatuagens que lá tem tudo explicadinho.
Xoxo

You Might Also Like

0 Comentários

Blogs Brasil

Editoras

Flickr Images

FOLLOW @KAMMYKRYSTHIN

FOLLOW @SECRETMAGICBLOG